Não acredito em acasos, acredito em razões! Mesmo que os porquês das coisas nos escapem e nos contrariem a lógica. Por oposição, não acredito no destino ou no fado, apesar de gostar deste!
 Não sei se por necessidade de achar que assim é que deveria ser, ou por pensar  que alguma lição moral pode ser de alguma maneira retirada de um qualquer acontecimento, ou até que quase tudo nos pode servir de ensinamento ou de aviso, a expressão "alea jacta est", não me consola a alma e, até me causa algum desconforto...

 Não acredito em "coincidências cósmicas", acredito em planos e em planeamento, seja por nós traçado ou por "escrita" de outrem...

 Talvez por isso a evolução darwinista em vez de me aplacar a curiosidade e me fazer cessar um porquê, exponência outro ainda maior, o "achismo" é, não só, antilógico como roça o irracional!

 Não acredito em "coisas espontâneas", se aguma coisa é, é por isto ou por aquilo, mesmo que o "aquilo" ou o "isto" nos ultrapasse! Ou que tu e eu acreditemos ou não nele!

1 comentários:

  1. Muito bom, gosto muito!
    Parabéns!

Enviar um comentário

Com tecnologia do Blogger.
Loading...

Porto de Mós

Porto de Mós
A "minha" praia e a minha foto!

Sobre Mim

A minha foto
Não pretendo falar muito de mim, vou deixar que as palavras falem e, consequentemente os atos!


Para quem procura, para quem encontra, para quem cai, para quem se levanta...

Não sei o que me leva, nem o que me traz, sei simplesmente que urge, não fazer o que me apraz!

Muitas vezes sou levado pelos impetos do imediato, da satisfação momentânea do devaneio, sem atribuir às consequências qualquer peso de uma consciência obesa.

Diz-se,"ano novo,vida nova", se espero por um dia igual aos outros, para pensar em alterar uma vida desregulada, sinto que defraudo quem acredita, decide e age todos os dias... vou tentar sair da lama e mudar, vou tentar hoje, o amanhã não me pertence...

A quem bate... quem procura...

A quem bate... quem procura...
...se abre, encontra...

Followers