Tenho a mania de advogar que, como português natural que sou, me foi hereditáriamente impingido o fatídico destino de enfrentar todo e qualquer desafio, à partida, derrotado.Não sei se é por causa do fado(que aprendi a gostar,a idade tem destas coisas!), se é por nos verem como a "cauda" da europa!

 Felizmente, Alguém me pôs por "cabeça e não por cauda" e, tentando contrariar a natureza das coisas, o circunstancialismo da atualidade e o fatalismo das mentes "iluminadas" que verborreiam a crise aos "quatro ventos", tento agarrar-me ao que escrito está...

 Sem dúvida que é mais fácil embarcar no grupo e pronto, "tudo ao molho e fé em Deus", ora aí está a resposta, a primeira parte, até é fácil, a do "molho" mas, bastava que todos nos concentrarmos na segunda e o péssimista mudava de ideias!

0 comentários:

Enviar um comentário

Com tecnologia do Blogger.
Loading...

Porto de Mós

Porto de Mós
A "minha" praia e a minha foto!

Sobre Mim

A minha foto
Não pretendo falar muito de mim, vou deixar que as palavras falem e, consequentemente os atos!


Para quem procura, para quem encontra, para quem cai, para quem se levanta...

Não sei o que me leva, nem o que me traz, sei simplesmente que urge, não fazer o que me apraz!

Muitas vezes sou levado pelos impetos do imediato, da satisfação momentânea do devaneio, sem atribuir às consequências qualquer peso de uma consciência obesa.

Diz-se,"ano novo,vida nova", se espero por um dia igual aos outros, para pensar em alterar uma vida desregulada, sinto que defraudo quem acredita, decide e age todos os dias... vou tentar sair da lama e mudar, vou tentar hoje, o amanhã não me pertence...

A quem bate... quem procura...

A quem bate... quem procura...
...se abre, encontra...

Followers